Números são apenas números

Este post não é nenhum tipo de “cruzada solitária pelo esclarecimento dos leitores de blogs”, mas sim uma resposta a um comentário feito no post “Ainda sobre a relevância de blogs e blogueiros“.

No entanto, antes de começar, quero repetir o que já disse em outros posts: Não sou de fazer comentários sobre pessoas, mas sim suas atitudes (o que considero coisas bem diferentes), e sou capaz de separar aquilo que o sujeito faz/diz daquilo que ele é (o que considero uma virtude). Cabe também dizer que não sigo o Cardoso no Twitter, não assino os feeds de seus blogs e, por isso, o pouco que conheço do trabalho dele chega até mim por conta de links que alguém envia ou comentários aqui no Dois Espressos. Assim sendo, nada do que é dito aqui tem caráter pessoal (já que questões pessoais só ocorrem entre pessoas que mantém relações pessoais, o que não é o nosso caso).

Enfim… vamos lá:

Um leitor/fã do Cardoso deixou o seguinte comentário aqui no blog:

“Você sabia que um pró-blogger como o Cardoso tem dez mil leitores diários? Vou repetir: dez mil leitores, por dia. E há ocasiões em que uns cem leitores postam comentários (claro, quase sempre concordando com as brilhantes opiniões do Cardoso, principalmente quando ele fala da força da blogsfera).”

Ok… vamos por partes:

P: Você sabia que um pró-blogger como o Cardoso tem dez mil leitores diários?

R: Na verdade, não… eu não sabia. Mas isso levanta várias questões:

Ele tem 10 mil leitores diários ou 10 mil acessos diários? Fazendo uma analogia porca, uma loja em que entram 10 mil clientes por dia é bem diferente de uma em que 10 mil clientes apenas passam na porta, muitas vezes sem sequer olha a vitrine. Todos sabemos que a maioria dos acessos que os blogs recebem vêm dos famosos “paraquedistas do Google”, e eu não sou ingênuo a ponto de considerar “meu leitor” um sujeito que chegou ao Dois Espressos procurando por “sexo com meninas de aparelho ortopédico”. Quando a página do blog for aberta e ele não encontrar o que estava procurando, sei que ele não vai perder 1 segundo que seja lendo o que eu escrevi.

Você pode ainda dizer que ele tem mais de 5000 assinantes de feeds. Novamente: e daí? Isso não quer dizer, necessariamente,  que 5000 pessoas gastam qualquer parte do seu dia lendo o que ele escreve. Ontem mesmo eu mandei marcar 895 feeds como lidos sem nem olhar o título dos posts. Se eu faço, pode ser que outras pessoas também façam.

A única parte do comentário que pode servir como referência para algum debate é seguinte:

“E há ocasiões em que uns cem leitores postam comentários.”

Esse trecho sim pode fundamentar alguns questionamentos sobre um possível número real de leitores interessados em discutibr o assunto dos posts do Cardoso (podemos chamar isso de relevância?). Se ele tem “10 mil leitores” e apenas “uns 100” comentam, temos menos de 1% dos “leitores” comentando algo sobe o que ele escreve (menos de 2% dos assinantes de feeds que, supostamente, são muito interessados no que ele tem a dizer). Faz pensar, não faz?

Outro trecho do comentário:

“Um site como o bobagento (por que será que tem esse nome? nunca parei para pensar) tem uns trinta mil leitores por dia; trinta mil!!!”

Trinta mil!?! Só isso?!? Vai ver quantos são os “leitores diários” do Kibe Loco e do Dedada Digital. O twitter do Vitor Fasano tem quase 4 mil seguidores e o do Darth Vader mais de 28 mil (Cardoso tem pouco mais de 2 mil). Minha dúvida é: pra você o que estes números significam? Relevância? Competência como blogueiro? Fama? Popularidade? Qualidade de conteúdo? O que, exatamente, você quer dizer quando enfatiza que alguém tem “trinta mil!!!” acessos?

Aguardo, de verdade, seu novo comentário.

Pra terminar, deixo o link do post mais twittado dos últimos dias: Por uma blogosfera mais madura, do Brontossauros em meu jardim.

_______________

Mais sobre o assunto nos posts “Dois pitacos sobre a ‘crise’ do BlogBlogs”, “A poça d’água que é a blogosferas brasileira“, “Ainda sobre a relevância de blogs e blogueiros“,  “A vaidade dos blogueiros relevantes“ e “Seu screensaver é mais relevante que seus posts“.

Anúncios

6 Responses to “Números são apenas números”


  1. 1 Lu Monte 21/01/2009 às 3:11 PM

    Engraçado que eu lia o texto e lembrava do post recente do Hotta – e você fez a ligação no final, bem bacana! :)

    Acredito na importância dos blogs como forma de mídia livre de amarras e de intermediários (estou sendo idealista?), mas concordo que não temos toda essa relevância que gostamos de afirmar. Temos importância, sim, mas não somos a última coca-cola do deserto.

  2. 2 Lu Monte 21/01/2009 às 3:18 PM

    Em tempo: acabei de ler o novo banner no header do doisespressos e estou chorando de rir por aqui. :P

    Aliás, esse teu header é um barato!

  3. 3 [barba] 21/01/2009 às 3:29 PM

    Não dá pra comparar os acessos do kibeloco ou blogs como o bobagento com um blog que só possui textos. As piadinhas são mais procuradas. Realmente o Cardoso se dedica a textos longos e tem uma significado para algumas pessoas (eu não estou entre elas). Você, por exemplo, teve uma relevância sobre mim que leio seu blog e estou agora comentando. O que não dá pra aceitar no Cardoso são as ofensas (vira-lata) e o fato de a qualquer momento ele poder te dar um tiro só pq vc não tem mil leitores. Isso é ridículo demais. O cara compara seguidores no twitter com relevância, é um saco ter que ouvir isso de alguém que poderia ser melhor e contribuir mais para a blogosfera.
    Eu evito me ofender, afinal eu faço questão de viver o “get a first life”.

  4. 4 Nelson (Pô, meu!) 24/01/2009 às 12:27 PM

    Cara,

    Gostei do seu comentário equilibrado sobre algumas bobagens infantis que são minoria, mas fazem bastante barulho. Teu post somado ao do Brontossauros em meu jardim, mostra que tem gente que vê “blogs” de outra forma.

    Gostaria que fosse mais fácil encontrar esse pessoal. :-D

    Abraços e sucesso,
    Nelson

    P.S.1) Assinei o feed.
    P.S.2) Agradece a Lu Monte, vim pelo Dia de Folga.


  1. 1 Folgando na Rede # 15 » Dia de Folga - opinião com gelo e laranja Trackback em 24/01/2009 às 10:43 AM
  2. 2 Seu screensaver é mais relevante que seus posts « Dois Espressos Trackback em 11/03/2009 às 3:08 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS Dois Espressos   Twitter Dois Espressos   Vídeos Dois Espressos   Fotos Dois Espressos
Músicas Dois Espressos   Links Dois Espressos   Locais Dois Espressos   GReader Dois Espressos
Facebook Dois Espressos   Livros de Dois Espressos   Corridas de Dois Espressos

Última corrida

Corridas

Fotos recentes

Últimos Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Última nota do Moleco

" (...) Quanto a mim, a base de minha vida vai ser uma fazenda em algum lugar onde vou produzir parte de minha própria comida, e, se necessário, toda ela. Um dia não vou fazer coisa alguma além de sentar embaixo de uma árvore para ver minha lavoura crescer (depois do trabalho devido, claro) -- e beber vinho caseiro, e escrever romances para edificar meu espírito, e brincar com meus filhos, e relaxar, e gozar a vida, e brincar, e assoar o nariz. (...) Vou viver a vida do meu jeito 'preguiçoso coisa ruim', é isso o que vou fazer."

Diário de Jack Kerouac, 23 de agosto de 1948.
Molecos Viajantes

Últimos links del.icio.us


%d blogueiros gostam disto: