Teletransporte e viagem no tempo, só na Vivo!

Por volta do dia 11 de cada mês, logo pela manhã, o porteiro do condomínio costuma interfonar para avisar que minha pauta do dia para o Dois Espressos conta da Vivo chegou. Hoje não foi diferente.

Desde o começo ano, quando comprei o iPhone e mudei meu número da TIM para a Vivo, recebo mensalmente estes envelopes com surpresas divertidas. Logo no primeiro mês recebi uma conta de mais de R$1000 por causa de um problema na ativação de meu pacote de dados. No segundo mês, ainda com problemas na ativação do tal pacote de dados, a conta veio um pouco menor, perto dos R$300.

Nesse mês a novidade foi a descoberta da solução para dois velhos desafios propostos pela ficção científica: teletransporte e viagem no tempo. Parece que, de alguma forma, a Vivo conseguiu instalar um capacitor de fluxo na Millennium Falcon… e eu tive direito a um test drive.

Repare no detalhe da conta deste mês.

Vivo

Como você pode ver, no dia 17 de abril deste ano, às 18:23:48, eu estava em Alagoas fazendo uma ligação para minha namorada, que estava em em Juiz de Fora.

Depois de falar com a namorada por 30 segundos eu desliguei o celular, entrei na Millennium Falcon com capacitor de fluxo e, enquanto acelerava a 3000G e voava para o Rio de Janeiro a uma velocidade 0.5 superior a velocidade da luz, voltei 30 segundos no tempo (de volta às 18:23:48) para fazer uma nova ligação às 18:23:54, que também durou exatos 30 segundos. (E antes que alguém pergunte, essa diferença de 6 segundos entre as ligações foi o tempo que eu levei pra destravar o iPhone, entrar nos favoritos e discar para a namorada).

_______________

P.S: Brincadeiras à parte, a Vivo é impressionantemente rápida e solícita na hora de resolver esse tipo de problema. É claro que ela não faz mais que sua obrigação, mas, comparado com a TIM e a Oi, o atendimento da Vivo é digno de nota.

0 Responses to “Teletransporte e viagem no tempo, só na Vivo!”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS Dois Espressos   Twitter Dois Espressos   Vídeos Dois Espressos   Fotos Dois Espressos
Músicas Dois Espressos   Links Dois Espressos   Locais Dois Espressos   GReader Dois Espressos
Facebook Dois Espressos   Livros de Dois Espressos   Corridas de Dois Espressos

Última corrida

Corridas

Fotos recentes

Mais fotos

Últimos Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Última nota do Moleco

" (...) Quanto a mim, a base de minha vida vai ser uma fazenda em algum lugar onde vou produzir parte de minha própria comida, e, se necessário, toda ela. Um dia não vou fazer coisa alguma além de sentar embaixo de uma árvore para ver minha lavoura crescer (depois do trabalho devido, claro) -- e beber vinho caseiro, e escrever romances para edificar meu espírito, e brincar com meus filhos, e relaxar, e gozar a vida, e brincar, e assoar o nariz. (...) Vou viver a vida do meu jeito 'preguiçoso coisa ruim', é isso o que vou fazer."

Diário de Jack Kerouac, 23 de agosto de 1948.
Molecos Viajantes

Últimos links del.icio.us


%d blogueiros gostam disto: