Posts Tagged 'Igreja'

Deixai que venham a mim as criancinhas…

Agora não falta mais nada. Até Joseph Ratzinger — o infalível Papa Bento XVI — ajudou a acobertar casos de pedofilia.

Padre sinistro

Vai lá... coloca seu filho no catecismo...

Sobre o assunto, destaco dois trechos do artigo de Hélio Schwartsman para a coluna Pensata, da Folha de São Paulo, sobre os casos de pedofilia no Canadá, nos EUA, na Irlanda, na Polônia, na Argentina, na Nova Zelândia, na Alemanha, no Brasil, na Áustria, na Itália… enfim…

“…essa atitude [de acobertar os casos de pedofilia na Igreja Católica] é até mais grave que o próprio molestamento, pois a pessoa que abusa pode pelo menos descrever-se como vítima de uma doença psiquiátrica catalogada no CID. Já o acobertamento, este ainda não foi definido como patologia por nenhuma associação médica. Aqui, ao que parece, bispos eram mais leais à instituição da igreja do que a seus próprios fiéis. Talvez seja isso que a Santa Sé espera deles, mas não é certamente o que recomenda a virtude republicana”.

“…a Igreja Católica funciona como um ímã para pessoas com propensões pedofílicas, pois não apenas legitima e confere elevado status social à vida de solteiro como ainda oferece incontáveis oportunidades de interagir com jovens estando numa posição de poder”.

Leia o artigo completo.

Anúncios

O que a Igreja Católica tem mais que as outras?

Evil Bento XVIO assunto nem é novo. Começou no ano passado, quando Lula e o Papa Bento XVI assinaram um acordo que previa a manutenção de bens culturais da igreja católica (prédios, monumentos, bibliotecas, etc…) utilizando recursos do estado.

A novidade é que, na semana passado, no dia 26, o plenário da Câmara ratificou esse acordo, que para além do já citado “financiamento” da igreja católica, prevê isenção fiscal (nada de pagar impostos), imunidade perante as leis trabalhistas e… e… o melhor de tudo: a implementação do ensino religioso nas escolas públicas.

“Criticado por amplos setores da sociedade, como a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o texto acabou aprovado em votação simbólica após a costura de uma negociação com a bancada evangélica, muito forte no Congresso, para estender os privilégios às demais religiões. O acordo seguirá agora para apreciação do Senado.

Aprovado na semana passada pela Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o texto tem 20 artigos que criam um estatuto jurídico e legitimam direitos que a igeja católica detém há décadas no Brasil”. (via Agência Estado).

Dentre os benefícios que as igrejas terão as custas dos impostos que eu pago, o que mais me incomoda é saber que meu dinheiro irá sustentar professores de religião.

Mesmo me considerando 30% Ateu e 70% Agnóstico, reconheço o papel social das religiões e acredito na importância de apresentar para as crianças esses conjuntos de crenças e valores. Afinal, mesmo que não acreditemos em nenhuma delas, seria impossível viver em sociedade não sabendo absolutamente nada sobre as diversas religiões. Não me importaria se as escolas promovessem debates sobre a história das religiões, diferentes visões de mundo, filosofias ou conceitos morais e éticos. O que me irrita é saber que estarei financiando, efetivamente, aulas de catecismo da igreja católica.

religiãoAssim como na questão das crianças que crescem sob os preceitos da Klu Klux Klan, minha crítica se baseia na idéia de que inteligência e senso crítico só se formam quando temos acesso a diferentes fontes, com diferentes pontos de vista. Assim sendo, não deveria ser do interesse de todos proteger as crianças de doutrinas e ideologias que difundem o proselitismo e o sectarismo?

Gostaria de ouvir a opiniões (embasadas, por favor) de católicos sobre o assunto.

Para os que ainda não leram a proposta que reconhece o estatuto jurídico da Igreja Católica no Brasil, segue o link para o texto integral (20 artigos) do Acordo Brasil-Vaticano.

_______________
UPDATE: Decidi remover a referência ao passado de “juventude hitlerista” do Papa Bento XVI porque esse comentário estava desviando o foco do debate (financiamento estatal do ensino religioso nas escolas públicas) para assuntos que não têm nenhuma relação com o tema.

O comentário foi provocador e desnecessário.

Podemos voltar a debater o que realmente interessa?


RSS Dois Espressos   Twitter Dois Espressos   Vídeos Dois Espressos   Fotos Dois Espressos
Músicas Dois Espressos   Links Dois Espressos   Locais Dois Espressos   GReader Dois Espressos
Facebook Dois Espressos   Livros de Dois Espressos   Corridas de Dois Espressos

Última corrida

Corridas

Fotos recentes

Últimos Tweets

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Última nota do Moleco

" (...) Quanto a mim, a base de minha vida vai ser uma fazenda em algum lugar onde vou produzir parte de minha própria comida, e, se necessário, toda ela. Um dia não vou fazer coisa alguma além de sentar embaixo de uma árvore para ver minha lavoura crescer (depois do trabalho devido, claro) -- e beber vinho caseiro, e escrever romances para edificar meu espírito, e brincar com meus filhos, e relaxar, e gozar a vida, e brincar, e assoar o nariz. (...) Vou viver a vida do meu jeito 'preguiçoso coisa ruim', é isso o que vou fazer."

Diário de Jack Kerouac, 23 de agosto de 1948.
Molecos Viajantes

Últimos links del.icio.us

Anúncios